sexta-feira, 8 de janeiro de 2010

LIVROS DE IMAGEM

LIVRO: CENAS DE RUA
AUTORA: ANGELA CAGO
EDITORA: RHJ
VALOR R$ 21,00
Uma reportagem visual sobre um menino que trabalha na rua. Editora RHJ
Prêmio Melhor Livro sem Texto 1994, Associação Paulista de Críticos de Arte.
Prêmio Jabuti de Ilustração 1994, Câmara Brasileira do Livro.
Prêmio Jabuti Infantil 1994, Câmara Brasileira do Livro.
Selecionado para White Ravens, Biblioteca International de Munique.
Octogone d'Ardoise, Prix Graphiques, Octogonales 1995, Centre International d'Etudes en Littératures de Jeunesse, Paris. "Hors Concour" no Prêmio O Melhor Livro de Imagem 1994, Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil.
BIB Plaque, Bienal Internacional da Bratislava, 1995.
Publicado pela Harry N. Abrams Inc.
Publisher , Nova York, 1996, na antologia "The Best Picture Books of the World".

LIVRO: ZOOM
AUTOR:ISTVAN BANYAI
EDITORA: BRINQUE-BOOK
(premiado pela da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil como o melhor livro de imagens de 1997) 


LIVRO: O OUTRO LADO
AUTOR:ISTVAN BANYAI
EDITORA: COSAC NAIFY

LIVRO: OUTRA VEZ
AUTORA: ANGELA CAGO
EDITORA: MIGUILIM
A história de um vaso de amor-perfeito. Editora Miguilim
Prêmio O Melhor Livro de Imagem 1984, Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil.Prêmio O Melhor Livro de Imagem 1984, Associação Paulista de Críticos de Arte. Prêmio de Ilustração Bienal do Livro 1986, Câmara Brasileira do Livro/Bienal Internacional de Livros de São Paulo.


LIVRO: CHIQUITA BACANA E AS OUTRAS PEQUETITAS
AUTORA: ANGELA CAGO
EDITORA: LÊ
"Eu sempre tinha visitas. Eram cinco pequetitas:
Taquetaque, Tiquetique,Triquetrique, Xiquexique e a Chiquita.
Vinham lá da Martinica. Buscavam trecos e trens, cacarecos e vinténs
e entravam tagarelas pelas janelas"...
Este livro tem texto, mas é só uma música de fundo ... Editora Lê.
Prêmio O Melhor Livro de Imagem 1986, Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil.Prêmio The Noma Concours 1986, Asian Cultural Centre for Unesco, Japão.
Traduzido para o espanhol pela Editora Norma, Bogotá;
para o japonês pela Editora Kagyusha, Tóquio.


LIVRO: O CÂNTICO DOS CÂNTIGOS
AUTORA: ANGELA CAGO
EDITORA: PAULINAS
Um canto sobre a paixão que dá para ler de trás para frente e de cabeça para baixo. Edições Paulinas
"Hors Concour" no Prêmio O Melhor Livro de Imagem 1992, Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil. Prêmio Adolfo Aizen (Literatura Visual), União Brasileira dos Escritores. Octogone de Fonte, Prix Graphiques, Octogonales 1994, Centre International d'Etudes en Littératures de Jeunesse, Paris.
Segundo Prêmio Iberoamericano de Ilustración, Junta de Andalucia, Sevilha.


LIVRO: AMENDOIM
AUTORA: EVA FURNARI
EDITORA: PAULINAS
A apresentação do palhaço Amendoim estaria perfeita,
se não fosse uns probleminhas técnicos nos bastidores, hã? Ele entra em cena, já na capa do livro, braços abertos
para o público. Ação contínua, ele cumprimenta e levanta o chapéu-coco para todos, mas coisas estranhas já começam a acontecer. Um anzol pendendo do alto — e zapt, zupt, zão, tudo vai desaparecendo...
É surpresa verdadeira, ou pura combinação circense? Tão logo, vamos querendo saber quem é dono dessa divertida pescaria!


LIVRO: FILÓ E MARIETA

AUTORA: EVA FURNARI
EDITORA: PAULINAS
Filó e Marieta esbanjam simpatia e folia num dia de aniversário — ou seria mais um feliz desaniversário que temos em 364 dias para comemorar? Não importa,
o engraçado mesmo é que muitas crianças já sabem que elas são duas bruxas velhotas. E como sabem?
Elas respondem que é por causa do sapato de bico de fino, porque se vestem à antiga, e jamais são tão indiscretos a ponto de apontar o nariz pontudo alheio! Curiosidades à parte, as confusões começam com a descoberta da varinha-de-condão e todo mundo pensa que Filó é mais sabida e
Marieta... completamente lelé! Por que será?


LIVRO: ZUZA E ARQUIMEDES
AUTORA: EVA FURNARI
EDITORA: PAULINAS
Todo baú tem um tesouro, certo? Mas, quando é aberto por Eva Furnari, cuidado, tem travessura na certa... Assim,
os passantes distraídos vão se assustando toda vez que chegam perto do baú "esquecido" no canto da cena. Neste livro de imagem, a narrativa é corre-corre, pega-pega,
um sai-da-frente-que-eu-tenho-medo... mas tudo é jogo, fake, truque. Ou não? Tem alguém que poderia pregar uma peça nos endiabrados Zuza e Arquimedes? Uma peça, digo já, de igual magia e brincadeira, pois tem moralistas soltos por aí que sempre conseguem tirar uma lição útil de todo esse divertimento. Desperdício de tempo, que bobagem ;-




Um comentário:

  1. Pessoal,
    Indico os livros citados acima para trabalhar com Literatura Infantil. São livros de imagens. Alguns deles receberam premiações. Abraços.

    ResponderExcluir

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *