segunda-feira, 29 de outubro de 2012

Lendo para crianças

A Literatura Infantil tem que proporcionar à criança uma reorganização das percepções de mundo. Desse modo, é necessário que o educador esteja alerta para o fato de que nem tudo que circula como livro destinado à criança é, de fato, Literatura Infantil. Há muitas produções que não vão além do lugar comum, estético e ideológico.

A função da Literatura Infantil é romper com os lugares comuns, é questionar a aceitação do vigente, estimular a consciência crítica que, dificilmente, o leitor pode atingir se não conviver com pontos de vista distintos daqueles que são próprios à sua condição social.

A criança de zero a seis anos está numa fase particularmente lúdica. Nessa fase predomina o pensamento mágico (impregnado de elementos fantásticos do maravilhoso) e animais (dá vida a tudo que a cerca).

Dar a criança o gosto pelo conto e alimentá-lo com narrações fantásticas é permitir-lhe tornar-se mais lúdica e mais flexível em sua própria manipulação do real e do imaginário.

A Literatura Infantil mais adequada a essa faixa etária possui algumas características, são elas:

> Predomínio de imagens;

Autora: Cristina Villaça / Editora: Rocco

> Textos que produzam situações familiares, contos de animais, fábulas simples ou contos maravilhosos;
Autor: Prisca Agustoni / Editora: Paulinas


> Histórias com situações claras e bem pitoresca;
Autor: Angela Lago / Editora: Moderna

> Histórias que estimulam o faz-de-conta, que se constitui num poderoso processo de identificação capaz de eliminar conflitos e frustrações;

Autor: Ziraldo / Editora: Melhoramentos

> Ilustrações instigantes;
Autora: Angela Lago / Editora: RHJ





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *